Namorando as palavras com a ponta dos dedos

30
Nov 12




publicado por Jalves às 10:10

Sigo as frases como quem navega na bolina do tempo

esse assoprar de velas em mastro de navio

com águas mexidas nos leitos entre as margens dos dias.

 

 

 

 

publicado por Jalves às 08:29

01
Ago 10

publicado por Jalves às 23:01

13
Jun 10

No teu olhar as estrelas são inventadas no azul dos céus onde Deuses incansáveis sopram as velas do tempo como barcos abandonados em pleno Oceano.

publicado por Jalves às 10:30

01
Jan 09

Na ausência de histórias para contar

na presença do papel

virava felino imprevisível e lúcido

tocando a vida das pessoas

com o aparo pingando letras

na pele dos dias a denunciar jardins de silêncios

onde arbustos desordenados escondiam as ultimas flores.

publicado por Jalves às 22:39

28
Dez 08

Sitiados nos escombros dos edifícios respiravam os olhares vazios das sombras dos candeeiros de lâmpadas ocas de luz

o frio regava-lhes o corpo despidos de sentidos e os musgos brotavam viçosos

como sorrisos de pássaros de asas soltas no vento

mascados os últimos bagos rastejavam como aladas serpentes das memórias

arrumadas nos armários de portas cambadas pelo peso do tempo

a noite fazia-se branca leitosa como se o mundo não enxergasse os espelhos dependurados

das sujas paredes nas esconsas vielas da vida.

 

 

 

publicado por Jalves às 23:16

11
Nov 08

Gastamos as palavras nos dias claros de cansados olhares.

Revolvemos os restos na procura de nossos pedaços de vida.

Projectamos sombras nas paredes vazias dos dias lentos.

E gastos de tanto articular ideias cruzamos a vau os rios da memória.

Sempre, sempre em cheia permanente.

publicado por Jalves às 15:10

31
Out 08

No silêncio de néon

a musica confessa fascinantes tons

a alma dança nos sorrisos abertos ao desejo

cerradas as pestanas viajamos sem limites

e a noite como um espelho reflecte a porta aberta da vida

na alquimia complexa da fusão.

publicado por Jalves às 22:22

19
Out 08

Breve estarei com outras letras

publicado por Jalves às 00:53

08
Jul 08

Com a face a moldar sorrisos

nesta cidade de muitos encontros

sobeja-lhe o olhar

soltando lascas de tempo

em apeadeiro certo.

publicado por Jalves às 21:34

Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO