Namorando as palavras com a ponta dos dedos

08
Dez 06
Tempo de correr descalço, pelas manhãs de papoilas, com o corpo banhado pelo sol dentro do calção curto, o grito das gaivotas, o ferir da carne nos cardos secos, o subir os montes, o desafiar o mar no seu vaivém constante, e levantar a cabeça contra o vento  e gritar olhando os barcos no rio.
publicado por Jalves às 01:17

vejo que tb tiveste um infancia incomparavelmente feliz ao ar livre como a minha.... nc mais recuperei!
*sorrisos*
afinal dei com o teu blog.
e gostei
annatree
AnnaTree a 22 de Março de 2007 às 12:27

Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO