Namorando as palavras com a ponta dos dedos

28
Jan 07
Corriam paralelas as rectas da vida, cruzavam-se ao sabor das tendências alheias, quando se flectiam outras  vistas abarcavam.
publicado por Jalves às 11:09

Vim visitar e me deixei ficar, perdida entre retas e curvas que me encantaram. Voltarei, porque boa poesia é para mim como o ar: vital. E a sua me fez respirar fundo. Obrigada. Um abraço do outro lado do mar.
Celina a 8 de Fevereiro de 2007 às 10:36

Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO