Namorando as palavras com a ponta dos dedos

02
Jun 07
O encontro mudo dos rostos viajava nas linhas invisíveis, como uma ponte entre mãos, contrariando o instinto do afastamento no mero olhar sobre a evidência.
Eram belas suas mãos.
publicado por Jalves às 22:39

Gostei destas geometrias poéticas...
E também voltarei a pousar nestas paragens verdes... Grata pela visita ao mundo azul! Abraços.
Ana Luisa a 4 de Junho de 2007 às 23:41

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO