Namorando as palavras com a ponta dos dedos

10
Set 06
Vou coleccionando silêncios na prateleira do tempo, enquanto o sol invade as portas e as janelas do meu contentamento . Quem disse que o silêncio é um espaço vazio de nada, nunca o escutou de verdade. Quantas coisas o habitam.
publicado por Jalves às 23:31

Olá,Jalves,
teus poemas assemelham-se aos 'koan' do 'rinzai zen'...no silêncio habitam o eterno e o absoluto...parabéns e obrigado por brindarnos com tanto lirismo...namaste
Pituco a 29 de Outubro de 2006 às 12:22

Setembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
15
16

17
18
19
21
22
23

24
26
27
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO