Namorando as palavras com a ponta dos dedos

12
Jul 06
Mascavam o tempo na soleira da vida que por elas escorria lenta e sem pressas de chegar.
Voavam olhares para o horizonte das coisas como a pedir mais amanheceres.
As pulsações sucediam-se ao ritmo dos raios de sol.
E os frios do ocaso ditavam as fugas do destino.
publicado por Jalves às 23:01

Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13

16
18
19

24
26
27
28



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO